sarcopenia

O que é sarcopenia associada ao envelhecimento?

Sarcopenia é uma palavra de origem grega, que significa “perda da carne”. Na Medicina, uma pessoa com a condição sofre com a perda progressiva de massa muscular e, consequentemente, de força física. Não é incomum ver pessoas com idade avançada com uma estrutura corporal mais frágil. Essa é uma realidade inerente ao envelhecimento, portanto, todos nós iremos sofrer com ela.

Por outro lado, é possível minimizar a perda de massa muscular na terceira idade com algumas medidas simples na fase adulta. Entenda quais são os principais fatores associados à perda de massa muscular e os meios de reverter o problema. 

Como ocorre a sarcopenia?

O aumento da expectativa de vida da população é acompanhado pelo crescimento de doenças degenerativas, como a sarcopenia. O distúrbio é responsável pela perda da autonomia e da qualidade de vida da população idosa. 

Outro problema gerado é o aumento dos custos com a saúde dos idosos, já que há o aumento de quedas, fraturas e de internações hospitalares. O perigo é ainda maior, já que este é um distúrbio que se desenvolve silenciosamente. 

A sarcopenia é mais comum em pessoas com mais de 50 anos. Ela é o resultado do desequilíbrio entre o crescimento (anabolismo) e destruição (catabolismo) das células musculares. Assim, durante o envelhecimento, o corpo se torna resistente aos sinais normais de crescimento, inclinando a balança para o catabolismo e para a perda muscular.

O envelhecimento não é o único responsável pela perda de massa muscular. Existem outros fatores que favorecem o desenvolvimento da sarcopenia, porém, que podem ser combatidos. 

Fatores relacionados à sarcopenia

É possível envelhecer com mais saúde e independência. Para isso, é necessário ter atenção com as principais causas associadas à perda de massa muscular. Confira quais são os vilões da saúde na terceira idade.

Sedentarismo

Este é o principal fator responsável pelo desenvolvimento da sarcopenia. A falta de atividades físicas e a imobilidade, por si só, causam a perda de massa muscular. Assim, o paciente tende a sofrer com a perda de força com mais facilidade. Além disso, indivíduos sedentários tendem a se sentir mais cansados em comparação com pessoas fisicamente ativas.

Alimentação pobre em nutrientes

A alimentação inadequada na terceira idade é muito comum, devido às alterações nos dentes, gengivas e no paladar do idoso. Algumas pessoas também apresentam distúrbios que dificultam a deglutição, por exemplo, tendo dificuldades em ingerir a quantidade correta de proteínas diárias. 

Por isso, este é mais um fator que favorece o desenvolvimento da sarcopenia. 

Inflamações

Na terceira idade, também é comum que os pacientes apresentem doenças inflamatórias, como artrite, inflamações no intestino, dentre outros distúrbios. No organismo, uma inflamação altera o equilíbrio entre o crescimento e destruição das células, gerando a perda de massa muscular. 

Por isso, é essencial manter o organismo livre de inflamações para evitar a perda de força física. 

Sintomas da sarcopenia

Os primeiros sinais da sarcopenia estão relacionados com a dificuldade em realizar atividades simples do dia a dia, como subir escadas. Até mesmo a troca de uma lâmpada pode ser um verdadeiro sacrifício para o indivíduo com a doença.

A perda da força física, manifestada pela dificuldade em carregar objetos comuns, como malas e compras de supermercado, também é outro sintoma de alerta. O paciente que sofre com quedas frequentes precisa buscar ajuda de um especialista, já que este é um sinal de evolução do problema.  

Quer saber mais sobre a sarcopenia? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de coluna vertebral em Cuiabá!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp